Bancada do PL pede expulsão de Maurício Eskudlark por quebra de acordo político

Foto: SECOM/ALESC

O Deputado Maurício Eskudlark será “convidado” a sair do partido (PL) por infidelidade, isto é, deverá ser expulso do partido, segundo informações que chegaram após a votação para formação da mesa da Assembleia e Marcius Machado perdeu a disputa para a 1ª vice presidência.

O documento foi entregue ontem para o senador Jorginho Mello, com pedido de expulsão do partido por infidelidade partidária assinados pelos deputados do partido, só com a abstenção do deputado Berlanda.

Agora o senador irá convocar o diretório estadual e enviar a carta para que o deputado Maurício se retire do partido. Dos 5 votos do PL 4 foram para Marcius Machado e um para Mauricio.

Por Olivete Salmória
Publicidade