Banhistas continuam a invadir área interditada de obra de alargamento

Banhistas ultrapassaram o limite da área interditada na Praia Central, em Balneário Camboriú, Litoral Norte catarinense, nesta terça-feira (2). Com um dia de sol no feriado de Finados, pessoas chegaram a ficar com cadeiras e guarda-sóis na parte em que ainda não foram finalizados os trabalhos da obra de alargamento da faixa de areia.

Por nota, a prefeitura informou que a fiscalização atua em toda a Praia Central “orientando e coibindo abusos onde eles são observados. Assim como, também, os homens da Guarda Municipal fazem patrulhamento ao longo da orla. Na área Norte da praia, onde as obras estão mais concentradas hoje [terça], o pessoal da segurança da obra, homens e técnicos de segurança, estão atuando, assim como homens do Corpo de Bombeiros”.

No local, há sinalização com placas informando sobre a área interditada, que vai da altura da Rua 1.900 até o Pontal Norte, um trecho de quase dois quilômetros.

No domingo (31), três pessoas foram resgatadas após ficaram “atoladas” na área interditada. Na semana passada, outras duas moradoras precisaram do auxílio de guarda-vidas pelo mesmo motivo.

Na área interditada, também há o perigo por conta de máquinas que estavam trabalhando no local.

Praia Central nesta terça-feira (2). Banhistas ultrapassam — Foto: Fabiano Correia/NSC TV

Praia Central nesta terça-feira (2). Banhistas ultrapassam — Foto: Fabiano Correia/NSC TV

Com o fim da etapa com a draga, que levava areia de uma jazida para a orla da praia, falta pouco para a inauguração completa do espaço. Segundo a prefeitura, o serviço de desmonte da tubulação e estruturas deve ser concluído em 20 a 30 dias. A draga deixou o município no domingo (31).

Banhistas caminham na área interditada da Praia Central, em Balneário Camboriú, nesta terça-feira (2) — Foto: Fabiano Correia/NSC TV

Banhistas caminham na área interditada da Praia Central, em Balneário Camboriú, nesta terça-feira (2) — Foto: Fabiano Correia/NSC TV

Após o fim da etapa de alargamento, a média da faixa de areia da Praia Central passou de 25 para 70 metros.

G1 SC