Biodiversidade é tema das atividades do Programa Tatu de educação socioambiental

Nesta segunda-feira, dia 22 de maio, é comemorado o Dia Internacional da Biodiversidade.  Para lembrar a data, o Programa Tatu de Educação Socioambiental está trabalhando o tema durante todo o mês com os alunos. Com palestras e dinâmicas, a criançada faz um tour pelos continentes e aprende sobre a fauna e a flora característica de cada lugar com o intuito de conhecer e preservar.
A professora Teresinha Dalla Rosa, que coordena o Programa Tatu de educação socioambiental da Fucam, revela que neste mês o conteúdo destacou principalmente a fauna e a flora brasileira. “Nas palestras fazemos esse tour pelos continentes, passando pelo Brasil e destacando Santa Catarina e Camboriú. Desta forma, eles conhecem a fauna e a flora característica de cada um desses lugares, com destaque para o nosso Tatu Galinha, a Aroeira Pimenta e Palmeira Jussara, que representam a fauna e flora local”, explica.
Com o programa Tatu, os alunos se tornam agentes socioambientais e recebem formação nesta área, além de tornarem multiplicadores dessas informações dentro das suas escolas e comunidade. Por isso, a cada mês é abordado um tema diferente relacionado à educação socioambiental.
Teresinha adianta que no mês de junho terão atividades intensas na semana do meio ambiente. “No próximo mês não vamos ter palestras, mas sim, muitas atividades e dinâmicas com os alunos na semana do meio ambiente, que vai de 5 a 9 de junho. Logo vamos divulgar a nossa programação completa, que será muito legal e educativa” reforça.
Sobre o programa Tatu
O Programa Tatu de Educação Socioambiental é parte fundamental das atividades da Fucam e tem como finalidade promover ações de Educação Ambiental em todas as unidades de ensino de Camboriú. Este ano o programa conta com 140 participantes de sete escolas da rede municipal.
Entre as questões abordadas no Programa estão consumo responsável, correta destinação de resíduos, coleta seletiva, uso consciente da água, economia de energia, respeito a todas as formas de vida, entre outros. Já as ações realizadas envolvem palestras, plantio de árvores nativas nas escolas em parceria com a comunidade e atividades para o desenvolvimento das práticas sustentáveis no dia a dia dos alunos participantes e comunidade.