Bombeiros de SC viajam para reforçar socorro em Brumadinho, MG

Bombeiros voluntários de Santa Catarina saíram de Indaial, no Vale do Itajaí, por volta das 14h30, deste sábado (26), com destino a Brumadinho (MG). Equipes de sete cidades vão reforçar o socorro e resgate às vítimas da tragédia causada pelo rompimento da barragem da Vale. A previsão é de que eles cheguem a cidade na noite deste domingo (27) e que permaneçam sete dias na região.

A equipe é formada por 28 bombeiros voluntários das corporações de Indaial, Presidente Getúlio, Ibirama, Ilhota, São João do Itaperiú, Itaiópolis e Balneário Barra do Sul. Foram deslocados seis veículos de emergência.

O objetivo é trabalhar em cooperação com a Associação de Bombeiros e Equipes de Resgate Voluntários do Estado de Minas Gerais, Defesa Civil e demais órgãos de segurança nacional e estadual. A previsão inicial é permanecer sete dias na região do acidente.

Parte da equipe que vai a Minas Gerais é composta pela Unidade Arcanjo, força-tarefa permanente do CBV de Indaial que atua em desastres, criada em 2002. Esse grupo trabalhou na tragédia do Morro do Baú, em Ilhota (SC), em 2008; no Haiti, após o terremoto que assolou o país em 2010; e nos resgates às vítimas dos deslizamentos de terra em Teresópolis (RJ), em 2011.

Os Bombeiros Militares das cidades de Xanxerê, Curitibanos, Blumenau e Canoinhas estão em prontidão em Porto União, que é um ponto estratégico para seguir viagem assim que forem chamados.

A equipe conta com o serviço importante dos cães de salvamento, além de drones. Eles estão esperando a sinalização das equipes de resgate de Minas porque nesse momento está sendo feito o resgate aéreo. Ainda não há condições para fazer a busca terrestre porque a lama está muito mole. Mas assim que receberem o retorno, os bombeiros vão seguir para dar apoio e ajudar nas buscas.