Butantan suspende produção de vacina por falta de insumo

Governo federal assinará na terça compra de mais 54 milhões de doses da Coronavac – Foto: Elisiane Roden/Prefeitura de Gaspar/ND

O Instituto Butantan suspendeu temporariamente a produção da vacina CoronaVac — produzida em parceria com o instituto Sinovac Biotech, da China — por falta de insumos . As informações são da CNN Brasil. 

O Butantan aguardava a chegada de um novo lote do IFA (ingrediente farmacêutico ativo) que vem da China para o próximo dia 9, mas o país decidiu incrementar a vacinação local, já que há fila para vacinação em Pequim, e enviará os insumos apenas no dia 15.

O Butantan ainda vai seguir com a entrega de vacinas na próxima semana, já que possui 2,5 milhões de doses já prontas para envio aos estados e municípios.

O instituto disse à emissora que, apesar do atraso no envio dos insumos, vai cumprir seus compromissos estabelecidos em contrato com o Ministério da Saúde.

“O Instituto Butantan informa que é esperado para a próxima semana um novo carregamento de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) de 6 mil litros, correspondentes a cerca de 10 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus.  Com isso será possível cumprir integralmente o primeiro contrato com o Ministério da Saúde, totalizando a entrega de 46 milhões de doses ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) até 30 de abril”, informou.

Agora, a previsão de chegada de 6 mil litros de IFA em São Paulo é no dia 15 de abril, suficientes para produzir 10 milhões de doses. O Butantan tenta antecipar essa data para retomar a produção. Uma fonte ouvida pela reportagem reforçou que “cada dia de produção de vacina conta” em meio a uma pandemia que está matando 4 mil brasileiros por dia.

Frascos da vacina Coronavac no Instituto Butantan
Frascos da vacina Coronavac no Instituto Butantan Foto: Amanda Perobelli/Reuters (22.jan.2021)

Procurado pela CNN, o Butantan não negou a paralisação da fábrica, mas frisou que, apesar do atraso na entrega do insumo, vai cumprir seus compromissos estabelecidos em contrato com o Ministério da Saúde.

“O Instituto Butantan informa que é esperado para a próxima semana um novo carregamento de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) de 6 mil litros, correspondentes a cerca de 10 milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus.