Camboriú iniciará vacinação de pessoas com comorbidades. Confira os detalhes

A Secretaria de Saúde de Camboriú informa que no sábado, dia 8, das 9h às 17h, inicia a segunda etapa de Vacinação Contra o Covid-19. Conforme nota técnica do Ministério da Saúde, agora a campanha também contempla os grupos com comorbidades, que são pessoas que têm alguma doença ou agravo prévio, tornando-as mais vulneráveis às complicações da doença, pessoas com deficiências e puérperas. A ação acontece na Policlínica, localizada na Rua Porto Alegre, nº698, no bairro Areias.

De acordo com o coordenador da Vigilância Epidemiológica, enfermeiro, Thiago Regiel Vilcinskas, as remessas estão sendo enviadas pelo Ministério da Saúde aos Estados, conforme produção dos laboratórios. “É importante frisar que, mesmo dentro da priorização elencada pelo Ministério da Saúde, a vacinação ocorrerá conforme a chegada das vacinas ao município, por isso, no decorrer da semana as pessoas que fazem parte deste público alvo podem também procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência e agendar a vacinação”, explica.

A vacina contra a COVID-19 acontece perante apresentação de documento, original e fotocópia, de identificação com foto, CPF e comprovante da comorbidade. Para comprovar a doença, a pessoa deverá levar um documento médico (exames, relatório médico, prescrição médica etc).

A priorização da vacinação acontecerá, em todo o país, da seguinte forma:
– as pessoas com síndrome de down (de 18 a 59 anos de idade);
– gestante e puérperas (passaram há menos de 45 dias pelo parto) e têm alguma comorbidade (de 18 a 59 anos de idade);
– pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) (de 18 a 59 anos de idade).
– pessoas com comorbidades e deficiência permanente (de 55 a 59 anos de idade)

Relação de comorbidades definidas pelo Ministério da Saúde:

• Doenças Cardiovasculares
• Insuficiência cardíaca (IC)
• Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar
• Cardiopatia hipertensiva
• Síndromes coronarianas
• Valvopatias
• Miocardiopatias e Pericardiopatias
• Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
• Arritmias cardíacas
• Cardiopatias congênitas no adulto
• Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
• Diabetes mellitus
• Pneumopatias crônicas graves
• Hipertensão arterial resistente (HAR)
• Hipertensão arterial – estágio 3
• Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão e órgão-alvo e/ou comorbidade
• Doença Cerebrovascular
• Doença renal crônica
• Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer).
• Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves)
• Obesidade mórbida
• Cirrose hepática