Camboriú tem os piores índices de vacinação contra COVID na região AMFRI

De acordo com os dados atualizados no dia 31/08 pelo subcomitê científico do IFC, Camboriú está nas piores posições na aplicação da vacina para COVID na região da AMFRI.

Até o dia 25 de agosto, Camboriú havia aplicado um total de 62606 doses da vacina na população. Sendo 46898 na primeiras doses, 12908 segundas doses e 2800 doses únicas. A reportagem solicitou a atualização, mas não foi repassado até o fechamento desta matéria. Já os dados do Vacinômetro do Estado, que é alimentado pelos municípios, estão errados.

ATRASO

Camboriú iniciará a vacinação de pessoas com 17 anos nesta quinta (2), o que teoricamente aponta um grande avanço na imunização. Porém, pelos dados da DIVE do Estado a vacinação está extremamente atrasada e bem aquém dos demais municípios.

Apesar da prefeitura divulgar que tem batido recordes de vacinação, os resultados contradizem.

Em número de pessoas vacinadas com a primeira dose a cada 100 habitantes, Camboriú está em penúltimo lugar na região da Foz do Rio Itajaí (AMFRI), com 60,2% e só está a frente de Luiz Alves.

Na vacinação da segunda dose ou dose única, Camboriú amarga o último lugar, com míseros 16%, muito abaixo da média do Estado que é de 30,1%. Camboriú está atrás até mesmo de Itajaí, que tem uma população quase 3 vezes maior que a cidade.

AMFRI

Entre as regiões metropolitanas de Santa Catarina, a AMFRI está muito abaixo da média estadual, em 12° entre as 16 regiões. Pelo painel, levando em consideração o número de primeiras doses aplicadas a cada 100 habitantes, a região da Foz do Rio Itajaí aparece com 63,71%. Abaixo da média estadual que é de 65,72%.

Com relação a imunização completa, com segunda doses e doses únicas, a região da AMFRI apresenta o pior desempenho entre as regiões metropolitanas no estado.

 

São dados são do Subcomitê Científico do IFC e podem ser conferidos no link https://subcomitecientifico.ifc.edu.br/