Caminhoneiros bloqueiam distribuidora de combustíveis em Guaramirim. Saiba como está o abastecimento

Os bloqueios nas rodovias por caminhoneiros que começaram na terça, 7 de setembro, já começa a ter reflexos. Na região Norte, por exemplo, postos de combustíveis de Joinville e São Bento do Sul ficaram sem gasolina nesta quarta-feira (8).

Em nota, a Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc) se mostrou contra o bloqueio.

Em entrevista ao Canal 100 da Rádio Menina, um representante do SINDIPETRO de Itajaí afirmou que não houve nenhum bloqueio nas unidades de distribuição de Itajaí até o momento e que o abastecimento segue normalmente.

NORTE

Além do desabastecimento, alguns postos registram filas nesta quarta-feira. Segundo apuração da NSC TV, ao menos 30 postos estão sem combustível nas cidades de Joinville, Balneário Barra do Sul, São Francisco do Sul e São Bento do Sul. 

De acordo com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina (Sindipetro), o principal problema está na base em Guaramirim, uma das principais unidades para a distribuição de combustíveis aos municípios que ficam na região Norte. No local, manifestantes não estão permitindo a saída de caminhões. 

— Já na saída desse terminal é a rodovia que está paralisada. Como esses caminhões estão parados, alguns postos não conseguiram reabastecer o estoque e, por isso, há essa falta de combustíveis — explica a gerente do SIndipetro, Pamela Alessandra Bento. 

Para tentar resolver o problema, o sindicato deve entrar nas próximas horas com um pedido de liminar, solicitando a liberação das bases e a escolta desses caminhões, a fim de garantir o abastecimento dos postos de combustíveis. 

Além de Guaramirim, também há bloqueio de caminhoneiros na base da Transpetro em Biguaçu. Segundo o Sindicato de Comércio Varejista de Combustíveis Minerais de Florianópolis (Sindópolis), há um trator e dois caminhões próximo a entrada da unidade.

Apesar disso, a entidade acredita que o abastecimento nos postos continuará normalmente na região.

Já o Sindicato do Comécio Varejista de Derivados de Petróleo do Litoral Catarinense e Região (Sincombustíveis) disse que até o momento, não há registro de desabastecimento nos postos e que não há bloqueio nas bases que impeçam a saída dos veículos de transporte de combustíveis.