Celesc encontra “gato” de energia na roda-gigante de Florianópolis

A energia da roda-gigante itinerante instalada na Beira-Mar Norte, em Florianópolis, foi desligada pela Celesc na manhã desta terça-feira (11). A medida foi tomada depois que uma fiscalização da equipe técnica da concessionária constatou o “gato”. Em nota, a empresa justificou que o objetivo do corte é “garantir a segurança da população”.

“O fornecimento de energia estava irregular, sem autorização da Celesc”, afirmou no comunicado. Técnicos da concessionária de energia elétrica e da Prefeitura de Florianópolis se reuniram opara discutir uma solução para “que a energia seja restabelecida” e a expectativa é que a ligação de energia esteja regularizada a partir desta quarta (12). O equipamento, que começou a operar no último dia 7, vem funcionando com um gerador próprio.

Segundo o secretário de Esporte, Cultura e Juventude, Ed Pereira, o episódio foi causado por uma “falha de comunicação” entre os responsáveis pela roda-gigante e o Pró-Cidadão municipal e, com isso, o pedido de ligação acabou não sendo protocolado formalmente na Celesc.

Quem paga a conta

Segundo o engenheiro da Celesc Renato Borba Rolim, chefe da Agência Regional de Florianópolis, a companhia ainda não tinha um documento oficializando quem seria a entidade responsável pelo pagamento do consumo.

“Sem o consumo faturado, é como se a energia não tivesse sido consumida”, explica Rolim.

Comente Abaixo