Com casos de COVID, passageiros de cruzeiro são impedidos de descer em BC

MSC Splendida ancorado em Balneário Camboriú (SC) nesta terça (28)

Passageiros do navio de cruzeiro MSC Splendida, que fez escala em Balneário Camboriú nesta terça-feira (28), foram impedidos de descer da embarcação. A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) porque há casos de Covid-19 confirmados a bordo.

Segundo informações apuradas pela coluna, pelo menos 14 pessoas testaram positivo desde segunda-feira – 12 tripulantes e dois passageiros. A Secretaria de Estado da Saúde informou, em nota, que a Superintendência de Vigilância em Saúde (SUV) está acompanhando a situação.

O mesmo navio teve pelo menos 20 casos confirmados na sua última viagem que atracou em Santos no fim de semana e também teve rota em Balneário Camboriú. Um outro navio cruzeiro, da Costa Cruzeiros, também registou casos positivos no fim de semana e está seguindo com uma nova viagem para Balneário Camboriú.

Em nota divulgada na noite de hoje, o Atracadouro Barra Sul informou que o navio teve o seu desembarque cancelado após decisão da Anvisa junto aos órgãos de saúde competentes por suspeita de casos positivos para Covid-19. De acordo com a nota, a MSC aguarda liberação da Anvisa para seguir viagem.

Casos de covid-19 na MSC Cruzeiros

No último domingo (26), o cruzeiro MSC Splendida aportou em Santos com pelo menos 19 casos confirmados de coronavírus, sendo 15 hóspedes e quatro tripulantes, segundo a Anvisa. De acordo com a MSC Cruzeiros, cinco tripulantes foram contaminados — totalizando 20 casos.

O cruzeiro transportava 2.549 hóspedes e 1.251 tripulantes. Segundo a empresa, todos os confirmados estavam assintomáticos e tinham o ciclo vacinal completo, conforme requerido pelas normas regulatórias.

Foi confirmada a informação de que o mesmo navio seguiu viagem e hoje chegou em Balneário Camboriú, onde foi detectado novos casos, mesmo passando por protocolos de desinfecção.

Casos de covid-19 na Costa Cruzeiros

No caso da Costa Diadema foram confirmados 13 casos de covid-19, sendo 10 hóspedes e três tripulantes. O navio ancorou ontem (27) no porto de Santos, em São Paulo.

“Conforme previsto em protocolo, as pessoas com resultado positivo foram mantidas em isolamento até o momento dos desembarques.” explicou a ANVISA.

De acordo com a empresa Costa Cruzeiros, os casos foram identificados por realização de testes de pelo menos 10% dos passageiros, por protocolo.

“O navio obteve normalmente, no início desta manhã [de segunda-feira], permissão das autoridades para seguir as operações; finalizou o desembarque de todos os passageiros e já deu início ao embarque para o próximo cruzeiro, após completa higienização e desinfecção. Ainda de acordo com os procedimentos sanitários definidos, 100% da tripulação do Costa Diadema foi testada.” disse a Costa Cruzeiros

“Cabe ressaltar que é pré-requisito para embarque que passageiros e tripulantes, desde que elegíveis, estejam completamente vacinados, apresentem testes negativos para covid-19 e estejam assintomáticos”, declarou a Anvisa.

Publicidade