Corpo encontrado no rio é do mecânico desaparecido

O corpo encontrado boiando no rio Itajaí-açu, no bairro São Domingos, por volta das 11h desta terça-feira, é mesmo do mecânico Damião Gomes Ferreira, 35 anos, o Nino, que estava desaparecido desde o último sábado. A esposa já fez o reconhecimento no IML de Balneário Camboriú.

Populares chamaram a polícia Militar e os bombeiros ao avistarem o corpo perto da bomba de água da antiga Casan, no bairro São Domingos. O funcionário de uma madeireira viu o corpo do homem, que tinha uma mochila nas costas, mas sem documentos de identificação.

Na mochila foi encontrada uma garrafa de bebida alcoólica, um energético e um smartphone. A esposa de Nino, que mora no loteamento Portal, no bairro Espinheiros, foi até o IML e confirmou que o corpo era mesmo do marido.

Nino desapareceu na madrugada do último sábado, após visitar um amigo no loteamento Nilo Bittencourt. Nino mantinha uma oficina mecânica no loteamento do bairro São Vicente e morava com a esposa e dois filhos no bairro Portal.

Na noite de sexta-feira, Nino esteve na casa de um amigo, saiu de lá avisando que ia pra casa, mas não chegou na moradia. A família tinha registrado o boletim de ocorrência pelo desaparecimento e estava procurando Nino nos hospitais, IML e delegacias.

A causa da morte ainda não foi informada, assim como o local do velório e do sepultamento.

 

Diarinho