Corpos de 2 atletas catarinenses que morreram no incêndio no Flamengo são liberados no IML do RJ

Os corpos dos catarinenses Bernardo Pisetta e Vitor Isaías, vítimas da tragédia no Centro de Treinamento Ninho do Urubu, do Flamengo, foram identificados e liberados na manhã deste sábado (9). Familiares dos atletas acompanharam os procedimentos no Instituto Médico Legal (IML) e os corpos foram levados para uma funerária do Rio de Janeiro.

Ainda não há informações de onde devem ocorrer as homenagens fúnebres, mas a expectativa é de que os corpos cheguem em Santa Catarina ainda neste sábado.



Os trabalhos de identificação ocorreram com apoio do Flamengo, que entregou aos legistas imagens das arcadas dentárias dos dez jovens mortos no incêndio do Ninho do Urubu para dar agilidade na liberação dos corpos.

Nove das 10 vítimas foram encontradas carbonizadas no alojamento que pegou fogo nesta sexta-feira (8) – não há informações sobre como o décimo corpo estava.

Na madrugada, outros dois corpos também foram identificados e liberados: Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas e Pablo Henrique da Silva Matos.

Vale do Itajaí e Florianópolis

O goleiro Bernardo Pisetta era natural de Indaial, no Vale do Itajaí, e estava desde meados de 2018 no Flamengo. Aos 15 anos, ele também defendeu as cores do Athletico-PR.

Bernardo começou jogando futsal na cidade-natal. A prefeitura do município decretou na sexta-feira (8) luto oficial por três dias.

Com 15 anos, Vitor Isaías, o ‘Vitinho’, era atacante e tinha seis meses de clube, após também ter saído do Athletico. O jovem era natural de Florianópolis e iniciou a carreira no futsal do Figueirense. A prefeitura de São José, cidade onde o menino foi criado e estudou, lamentou a perda de uma promessa do futebol brasileiro, assim como o Floripa Futsal, que se solidarizou com os familiares do jogador nas redes sociais.

O empresário de Vitor, Sávio, que é ex- jogador e ídolo do Flamengo, manifestou por meio de uma nota profundo pesar com a tragédia. A empresa dele, que gerencia a carreira de jovens atletas, afirmou que está prestando todo o suporte necessário aos familiares.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), lamentou a morte dos atletas catarinenses. “Nossos sentimentos às famílias dos jovens Vítor Isaías e Bernardo Pisetta. Os jovens atletas catarinenses estão entre as vítimas fatais do incêndio ocorrido no centro de treinamento do Flamengo, no RJ”, escreveu o governador em uma rede social.

Comente Abaixo
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.
%d blogueiros gostam disto: