CPI das Máscaras em Itajaí: Ex-gerente da saúde “abre o jogo” em depoimento

O ex-gerente do setor de compras da Secretaria de Saúde de Itajaí disse em depoimento na CPI das Máscaras, na tarde desta segunda (04), que os orçamentos para compra de produtos durante a pandemia já chegavam prontos no seu setor.

Ele afirmou também que em alguns momentos recebia ordens de lançar documentos com data retroativa e que em várias vezes notas eram pagas antes mesmo do parecer jurídico sobre a compra.

Ainda de acordo com o ex gerente, ele não era chamado para reuniões, pois questionava situações estranhas. Chegou a falar que o secretário de saúde não tinha tinta na caneta, e nada fazia para mudar a forma como a diretora executiva tratava o setor de compras, que segundo ele “criava obstáculos” ao questionar situações suspeitas.

As falas são fortíssimas, batem com os documentos apurados pela CPI, e indicam suspeitas de irregularidades inclusive na compra de outros materiais de combate ao coronavírus, além das máscaras, que é o foco da investigação.

O vereador Osmar Teixeira solicitou, junto com a vereadora Anna Carolina, um pedido ao prefeito Volnei Morastoni para que afaste toda a comissão de compras da Secretaria de Saúde e também o secretário Emerson Duarte.

Texto: Assessoria Vereador Osmar Teixeira

Publicidade