Delfim Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol, está entre os mortos na tragédia da Chapecoense.

Delfim Peixoto preside a Federação Catarinense de Futebol desde 1985

O presidente da Federação Catarinense de Futebol e vice presidente da CBF, o senhor Delfim Peixoto Filho, estava entre os passageiros do voo que vitimou a delegação da Chapecoense nesta madrugada.

Entre os 81 passageiros que embaracam no voo da delegação do time do Chapecoense para enfrentar o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana, na Colômbia, estava o vice-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), para a região Sul, Delfim Peixoto, de 75 anos.
Delfim comandou a federação catarinense de futebol desde 1985 e foi deputado estadual em Santa Catarina por três mandatos.

Em nota, divulgada nesta terça-feira (29), a CBF confirmou que Delfim Peixoto estava no avião que caiu na Colômbia. Na lista divulgada pela Chapecoense, Peixoto era um dos três convidados do clube para viajar a Medellín. Os demais eram o prefeito reeleito de Chapecó, Luciano Buligon (PSB-SC) e o deputado estadual Gelson Merisio (PSD-SC), presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, que não embarcaram.

Comente Abaixo