Diretor acusado de assédio é exonerado da Prefeitura de BC

Foi publicada ontem (1°), no Diário Oficial dos Municípios, a portaria de exoneração do diretor geral da Secretaria de Inclusão Social de Balneário Camboriú. O diretor é acusado de assédio sexual por uma estagiária da secretaria. O caso foi denunciado pelo colunista JC, do jornal Diarinho.

Segundo a estagiária, de 20 anos, o diretor puxava conversa e enviava fotos pessoais para o celular da mesma e também pedia fotos dela, logo depois que ela ingressou na vaga. As importunações teriam acontecido entre o final de novembro e início de dezembro de 2021.

A situação ficou mais grave no momento em que o diretor geral tentou marcar um encontro com a estagiária, com o intuito de levá-la a um motel. Ela bloqueou o diretor e mesmo assim ele realizou diversas chamadas para o celular da mesma. A vítima tem prints das conversas e registrou um BO contra o autor dos fatos. A família denunciou o caso ao Ministério Público.

Embora a administração municipal já soubesse do caso e o assunto já rondasse os corredores da Secretaria de Inclusão e da Prefeitura, o servidor só foi exonerado quando o caso se tornou público através da coluna do JC, dia 31.

Publicidade