Dive confirma mais casos de dengue contraídos em SC e estado registra 51 pacientes com a doença

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive-SC) confirmou que o estado registrou 51 casos de dengue em 2019. Desses, 28 foram contraídos dentro do território catarinense. Santa Catarina tem 79 municípios considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

O boletim mais recente foi divulgado nesta sexta-feira (22) e equivale ao período entre 30 de dezembro de 2018 a 16 de março deste ano.

De acordo com o gerente de Zoonoses da Dive-SC, João Fuck, o aumento no número de casos contraídos dentro estado se deve, principalmente, às condições favoráveis para a proliferação do mosquito: calor e chuva.

Os casos de dengue de pacientes que contraíram a doença fora de Santa Catarina são de moradores dos municípios de:

  • Florianópolis – 4 casos
  • Itajaí – 4 casos
  • Palmitos – 2 casos
  • Seara – 2 casos
  • Blumenau – 1 caso
  • Brusque – 1 caso
  • Joinville – 1 caso
  • Santo Amaro da Imperatriz – 1 caso
  • Xanxerê – 1 caso

Na comparação com o mesmo período de 2018, o número de casos confirmados de dengue em Santa Catarina aumentou 628,5%.

Além da dengue, o estado registra um caso de febre de chikungunya, de um morador de Florianópolis que provavelmente contraiu a doença no Pará. Não há casos de vírus da zika em 2019 no estado. As duas doenças também são transmitidas pelo Aedes aegypti.

“Mais uma vez reforçamos que a população precisa ajudar no controle dos focos do mosquito. Recipientes que podem conter água precisam ser vistoriados e eliminados corretamente. Importante também observar a vedação das caixas da água e manter as calhas limpas”, afirmou o gerente de Zoonoses da Dive-SC.

Em Santa Catarina, 79 municípios são considerados infestados pelo mosquito:

Municípios de SC infestados pelo mosquito Aedes aegypti — Foto: DIVE/SES/SC

Municípios de SC infestados pelo mosquito Aedes aegypti — Foto: DIVE/SES/SC

Sintomas

Segundo a Dive-SC, os principais sintomas da dengue são:

  • febre alta, de 39 °C a 40 °C, de início abrupto
  • dor de cabeça
  • fraqueza
  • dores no corpo
  • dores nas articulações
  • dor no fundo dos olhos

Quem tiver esses sintomas deve procurar imediatamente o serviço de saúde e, caso já tenha sido atendido antes, deve voltar.