Dj desaparecido é encontrado morto no interior de Camboriú

O corpo do DJ Paulo Giovani Teixeira Gonçalves, de 35 anos, foi encontrado no fim da manhã desta segunda-feira (27) em Camboriú, no Litoral Norte. DJ Paulinho, como era conhecido, estava desaparecido desde sexta-feira (24), quando foi visto dando carona para um adolescente na saída de uma festa. O menor de idade foi apreendido suspeito pela morte.

Após ser identificado pela polícia, o adolescente indicou o local onde o corpo estava. Ele prestou depoimento durante a tarde, mas o teor não foi revelado. A Polícia Civil suspeita que o caso se trate de latrocínio – roubo seguido de morte – e que o DJ tenha morrido por asfixia. O laudo da causa da morte ainda não está pronto, informou o Instituto Geral de Perícias (IGP).

A vítima morava em Porto Belo e teria saído de casa na noite de quinta-feira para tocar em uma festa, em Balneário Camboriú. Paulo também trabalhava como motorista de aplicativo. Conforme o delegado Wanderley Redondo, da Delegacia de Desaparecidos de Santa Catarina, a carteira de habilitação de Gonçalves também foi localizada.

Suspeito de matar DJ em Camboriú é ouvido pela polícia; giro de notícias — Foto: Reprodução/NSC TV

Suspeito de matar DJ em Camboriú é ouvido pela polícia; giro de notícias — Foto: Reprodução/NSC TV

Comente Abaixo