Doceira mais famosa de Itajaí morre após sofrer infarto

Famosa pelos bolos de marshmallow, Maria Izabel será enterrada neste sábado

A doceira mais famosa de Itajaí morreu. Dona Maria Izabel Lopes Winter, a Bel da Itaipava, de 64 anos, sofreu um infarto durante a madrugada de sexta e faleceu em casa, dormindo. Famosa pelos bolos recheados de marshmallow, entre outras delícias, Bel fazia doces não só para a região. Tinha clientes em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.
Aline Seeberg Aranha, de 44 anos, do Mundo Animal Café, em Itajaí, estava entre as fãs. Há cerca de um ano Bel vendia bolos para Aline. “O bolo a cidade inteira conhecia. Parecia que era feito com muito amor”, conta. Além do talento para os doces, a comerciante lembra de Bel como uma pessoa séria e comprometida com o trabalho. Tanto que até ontem tava com as mãos na massa para dar conta de sete encomendas.
Uma das histórias que mostra a paixão de Bel pela profissão foi quando estava internada, em função de um infarto. A doceira fugiu do hospital para conseguir fazer uma encomenda. “E sem precisar fazer marketing nenhum. Ela era uma pessoa simples e ganhava os clientes no boca-a-boca”, observa.
Muitas das receitas chegaram a ser copiadas por outras pessoas. Bel morava na Itaipava, e fazia doces há 10 anos.

O marido, Getúlio Winter, 65 anos, também ajudava na cozinha e nas entregas. Ela deixa dois filhos e uma neta. O sepultamento foi na manhã de sábado, no cemitério da Fazenda, onde o corpo de Bel foi velado.

(Por Diarinho)

Comente Abaixo