Dois laboratórios de extasy são fechados pela polícia

Dois homens foram presos em Blumenau, no Vale do Itajaí, e um laboratório que produzia drogas sintéticas foi fechado por policiais no sábado (20). Segundo a Polícia Civil, outras duas residências foram alvo da operação. Pelos insumos apreendidos, os traficantes poderiam ter produzido mais de 5 mil comprimidos de ecstasy.

No bairro Garcia, foi encontrado o laboratório, com uma prensa destinada a produzir drogas em larga escala. Um homem de 43 anos foi preso e foram apreendidas 500 gramas de MDMA.

Laboratório de drogas sintéticas foi fechado em Blumenau — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Laboratório de drogas sintéticas foi fechado em Blumenau — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Na sequência, houve apreensão em mais uma residência no Bairro Vila Nova, de 200 comprimidos de ecstasy, 1,9 quilo de maconha e 300 gramas de cocaína, além de uma balança de precisão.
Depois, um homem de 38 anos suspeito de tráfico foi preso em uma casa no bairro Água Verde.

Palhoça

Na tarde deste sábado (20) uma operação conjunta da Polícia Civil do Distrito Federal, e a DEIC (Diretoria Estadual de Investigações Criminais), estourou um laboratório de drogas sintéticas no município de Palhoça. Três pessoas foram presas em flagrante.

De acordo com informações do diretor da Deic, Dr. Luis Felipe Fuentes, três homens estavam no local, onde foram encontrados maquinário para a produção, insumos e 30 comprimidos da droga recém produzidos.

A ação envolveu policiais civis da DRE (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) e do NINT (Núcleo de Inteligência). Ainda conforme Fuentes, o lugar ficava escondido na Guarda do Embaú. Os presos foram encaminhados para a Deic.

Terceiro em uma semana

Este foi o terceiro laboratório de drogas sintéticas descoberto pela DEIC em dois dias. Na última sexta-feira (19), policiais da DRACO (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado), da DEIC já haviam flagrado um outro mini laboratório na Vila Cachoeira, em Florianópolis.

Comente Abaixo