Elefante-marinho é visto descansando na Praia do Buraco

Um elefante-marinho com vida foi visto na faixa de areia da Praia do Buraco, em Balneário Camboriú, na manhã desta segunda-feira (13). O Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Municipal esteve na praia, isolou o local e acionou o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), que avaliou o animal.

Macho subadulto, o elefante-marinho estava com um quadro clínico saudável, segundo a médica veterinária Adriane Steuernagel, que integra a equipe técnica do PMP-BS. O mamífero marinho retornou para a água e parou para descansar na Praia Brava, ao lado da Praia do Buraco.

Sobre os elefantes-marinhos

O animal faz parte da superfamília dos Pinípedes, espécies que migram anualmente para a costa brasileira. Os Pinípedes habitam tanto o ambiente marinho, como costeiro. Eles, muitas vezes, são vistos descansando no costão rochoso ou na faixa de areia. Conforme o PMP, essa pausa para descanso é saudável, normal e deve ser estimulada. Pessoas e animais domésticos devem ficar distantes deles, pois espécies silvestres podem ser agressivas e se estressam facilmente quando notam alguma interação humana. O estresse pode impactar no comportamento natural da espécie e na saúde do animal, causando queda na imunidade.

Sobre o PMP-BS

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama, das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos. O objetivo é avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos encontrados mortos. O PMP-BS é realizado desde Laguna (SC) até Saquarema (RJ), sendo dividido em 15 trechos. A Univali monitora o Trecho 4, compreendido entre Barra Velha e Governador Celso Ramos (SC).

Atenção
O elefante-marinho localizado nesta segunda-feira pode ser avistado durante alguns dias descansando nas praias da região. Ao avistar um Pinípede, lembre-se:
– Não se aproxime do animal;
– Não tente o fazer retornar ao mar;
– Não o alimente;
– Mantenha animais domésticos distantes;
– Acione o PMP- BS pelo telefone 0800 642 3341 e informe o local de ocorrência.

Comente Abaixo