Eleições 2020 em Balneário Camboriú – Coluna Ácido Úrico

Em meio a toda essa loucura do coronavírus, os prazos do TSE não foram prorrogados e os compromissos tiveram que ser cumpridos nessa semana. Acabou neste sábado a chamada janela partidária, onde vereadores com mandato, que querem mudar de partido, podem levantar acampamento para uma nova sigla.

Em Balneário Camboriú tudo tem que ser atípico, como sempre. Algumas alterações aconteceram aos 45 do segundo tempo e com as mudanças já dá para traçar uma prévia de como será o pleito deste ano. Dos vereadores com mandato, temos as seguintes situações.

Arlindo Cruz assumiu o PSD da cidade, como já foi noticiado aqui no Portal Visse. Muita gente de vários setores entidades de classe estão no grupo. Alguns pré candidatos a vereador já estão com Arlindo na empreitada do PSD, entre eles Dani Serpa e Marcelo Lazzaroni. A sigla estará com Fabrício Oliveira e pretende eleger 2 ou mais vereadores.

Gelson Rodrigues migrou para o Cidadania (ex-PPS) junto com Joceli Nazari. A sigla que apoiou a candidata Jade Martins (MDB) na eleição passada, a princípio, permanecerá junto com Fabrício Oliveira no pleito deste ano.

David La Barrica migrou para o Patriota que está sob o comando do Professor Ken a alguns dias. Teve quem tentou “tomar” o partido em Balneário, até presidente “fake” surgiu. Mas a sigla é outra que vem forte para a eleição de 2020 e estará no grupo de apoio do atual governo.

Lucas Gotardo, depois de surfar e se eleger na onda das Novas Ideias, ter seus indicados por muito tempo na máquina pública e ter um mandato “mais do mesmo” na Câmara, migrou para o NOVO que já nasceu velho em BC sob o comando de Ney Clivatti. O NOVO diz que terá chapa pura na eleição de 2020.

Roberto Souza Júnior migrou para o Podemos de Álvaro Dias. Depois de uma expulsão anunciada mas nunca efetivada por Edson Piriquito, Robertinho permanece no grupo do atual governo e segue firme em busca do terceiro mandato na Câmara Municipal.

Marcos Kurtz acompanha Robertinho e segue junto com o governo se filiando também no Podemos. Marquinhos foi um dos “expulsos que não foram expulsos” e migraram de vez para o governo para reforçar a base de apoio.

Omar Tomalih foi difícil descobrir que ia para o Podemos, mas se confirmou e segue no apoio do atual governo.

Asinil Medeiros, Pedro Francez e Juliethe Nitz, seguem no PL apoiando o governo através do vice-prefeito Carlos Humberto. PL que vem com bons candidatos além dos que já estão eleitos. Entre os nomes está Suelen Pedroza e Dudu Mafra, que devem surpreender no pleito.(edit)

Moacir Schmidt e Aldemar Bola seguem no PSDB. PSDB que filiou recentemente Auri Pavoni mas muitos estão pagando pra ver Leonel Pavan entregando a cabeça da chapa para outra pessoa. Dizem até que ex-candidato do PSL e ex PSDB, que xingava o líder tucano por ai, voltou para o ninho. Moacir não sabe se vai concorrer novamente.

Piruka e André Meirinho, tudo igual. Seguem no PP.

Marcelo Achutti voltou para os braços do ex-patrão Edson Piriquito. A nova versão de “Marcelinho Paz e Amor” fez as pazes com Leonel Pavan e Piriquito, foi para o MDB e tomou um posicionamento de oposição ferrenha ao atual governo.

Nilson Probst e Elizeu Pereira seguem no MDB que, embora tenha lançado Piriquito como pré candidato a prefeito, não tem tanta certeza assim se terá esse nome disponível até os registros de candidatura.

Patrick Machado segue no PDT que terá mais nomes para 2020. Nomes estes que foram fortalecidos durante o atual governo em cargos importantes. A princípio, o PDT segue apoiando o atual governo, embora conversas de corredor dizem o contrario e a sigla não fez questão nenhuma de desmentir.

Rapidinhas: 

– Evaldo Hoffmann não entrou para a reserva e não se desligou da PMRv. Logo, não se filiou a nenhum partido e não concorrerá a cargo eletivo em 2020. Será que assume o comando geral?
– Chaves que era suplente pelo PSB também migrou para o Podemos e segue apoiando o atual governo.
– Alessandro Teco abraçou a intervencionista Dileta Correa e deve estar ligado ao Republicanos.
– Dileta está preocupada em atacar Moises e usar comerciantes como massa de manobra em meio a crise, mas deve vir a alguma coisa.
– PSL de Balneário Camboriú não tem nem executiva provisória. Tudo em silêncio e sem ninguém querendo assumir a criança.
– PSB de Balneário está sob comando de Edson Piriquito. Quem assumiu a presidência foi Valdir Zanella (mas ele não era PRTB?) e tem Rafael Amâncio na secretaria geral. Dizem que Elton Garcia e Pedrão Pão de Batata já se filiaram também. (edit: Elton Garcia foi para o PSDB, acompanhando Auri Pavoni)

 

Por Gian Del Sent
Coluna Ácido Úrico

Comente Abaixo