Em meio a crise, empresa catarinense abre 5mil postos de trabalho

Que as empresas estão demitindo, reduzindo jornada de trabalho, antecipando férias ou dando licença aos seus colaboradores não é novidade.

Em plena crise que atinge o mundo uma empresa está abrindo 5 mil novos postos de trabalho e os motivos são evidentes. Nunca se falou tanto sobre a importância dos cuidados com a saúde, da mesma maneira que os grupos de riscos para certas doenças foram evidenciados.

Uma pesquisa recente apontou os segmentos que terão uma rápida recuperação pós pandemia, como é o caso do ensino à distância, entretenimento on-line, planos de saúde e seguros de vida, outros poderão demorar meses ou anos, como é o caso do mercado de eventos e viagens. Outro segmento que terá rápida recuperação é a nutrição e saúde, que neste momento tem a ver com a mudança de hábito das pessoas.

A MAGRASS, uma empresa brasileira atua há 12 anos no segmento de emagrecimento, com mais de 300 unidades espalhadas pelo país e 3.000 colaboradoras quer expandir sua atuação abrindo mais 5.000 postos de trabalho. A empresa criou um Programa para transformar mulheres em empreendedoras, onde é possível investir pouco e ter grande possibilidade de retorno, utilizando as estruturas das clínicas já existentes para atendimento das clientes.

Confira o vídeo de apresentação do programa

O Programa FADAS EMPREENDEDORAS vão selecionar candidatas à microfranqueadas para atuação em todo território nacional para atuarem no atendimento personalizado. O Programa visa transformar mulheres que tinham negócios próprios e fecharam, mulheres que perderam postos de trabalho e até aquelas que já atuam em vendas e querem melhorar suas rendas.

“Vamos treinar, capacitar e transformar a vida destas mulheres , assim como a minha vida foi transformada”, afirma Leyde Ludwig, co-fundadora e Diretora Técnica da MAGRASS que há 12 anos, era funcionaria de uma pequena clínica de estética participou do processo que fez da empresa um case de sucesso premiado. Mostrar para as mulheres que hoje participamos de forma ativa no mercado e somos resilientes é uma questão de honra. complementa.

Para o CEO da MAGRASS Paulo Córdova, idealizador do projeto, o momento é de prestar atenção nas oportunidades e necessidades do consumidor e como empresário criar alternativas para que a economia se reestabeleça. “Acredito que a maneira das pessoas consumirem vai se transformar de forma definitiva, assim como, os cuidados com a saúde e qualidade de vida, essa é a grande lição que este vírus vai nos deixar”, finaliza Córdova.

Seja uma FADA EMPREENDEDORA em sua cidade: https://unidades.magrass.com.br/empreenda

Comente Abaixo