Empresários de Itajaí e Guabiruba são presos suspeitos de vender carga roubada de algodão

Seis empresários foram presos no Vale do Itajaí suspeitos de venderem carga roubada de algodão, informou a Polícia Civil. Os mandados de prisão foram cumpridos em Itajaí e Guabiruba nesta quinta (28) e sexta-feira (1º). Um homem seguia foragido até a noite desta sexta.

Segundo a polícia, os empresários usavam empresas de fachada e uma companhia de fios de Guabiruba para vender o material roubado. A investigação não sabe se eles eram responsáveis pelos assaltos aos caminhões.

Polícia apreende armas ilegais na casa de empresário — Foto: Polícia Civil/Divulgação Polícia apreende armas ilegais na casa de empresário — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Na empresa de fios, o dono tentou fugir pelos fundos da fábrica com uma maleta com R$ 50 mil em dinheiro, mas foi preso preventivamente. Ele recebeu outra voz de prisão depois que os policiais encontraram armas ilegais na casa dele.

As investigações começaram em 2017 após roubos de carga de algodão em Itajaí. Além dos mandados de prisão, foram cumpridos 20 de busca e apreensão. Foram apreendidos três carros de luxo e documentos, que serão analisados pela polícia.