Estado diz que respiradores do Ruth Cardoso foram os únicos a dar problemas

O superintendente de Hospitais Públicos da SES, o pneumologista Márcio Judice, esteve no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, nesta sexta-feira, 3, acompanhado de uma médica auditora e de um engenheiro clínico para avaliar a situação da unidade no enfrentamento à pandemia. O grupo visitou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e repassou orientações sobre procedimentos para regulação de pacientes Covid.

Foi averiguado o ajuste para uso dos ventiladores WEG doados pelo Governo do Estado ao município de Balneário Camboriú. A unidade hospitalar local não possui um engenheiro clínico para os reparos necessários e foram observadas problemas técnicos dos aparelhos, como a falta de válvulas na instalação usada para testes.

A WEG prontamente recolheu os equipamentos e a SES encaminhou outros seis respiradores para o Hospital Ruth Cardoso nesta sexta-feira. “Entre os 260 ventiladores já entregues em unidades de todo o estado, esses foram os únicos que necessitaram substituição.” Essa declaração não tem como ser confirmada, pois o Estado não publica este tipo de informação.

“Estamos acompanhando a utilização dos equipamentos e iremos agendar treinamento presencial na WEG justamente para ajustar detalhes e calibragens”, destacou o superintendente Márcio Judice. “Os nossos objetivos são os mesmos, combater a pandemia e oferecer serviços de qualidade à população. Por isso, a SES dará todo o suporte necessário para que a unidade possa suplantar essas dificuldades na operação”.

Os 6 novos respiradores chegaram no início da noite desta sexta-feira e, neste momento, ás 20hs, os técnicos da WEG estão no Hospital Ruth Cardoso realizando a instalação dos mesmos.

Comente Abaixo