Estado poderá assumir débito do governo federal com o Centro de Eventos de Balneário Camboriú

Questionado sobre o atraso nos repasses de verbas federais para as obras do Centro de Eventos de Balneário Camboriú, o governador Raimundo Colombo foi taxativo: garantiu que, caso o dinheiro prometido por Brasília não venha, o Estado terá que assumir os pagamentos:

– Vamos assumir e vamos terminar – disse.

O valor não é pequeno. Descontado o pouco que foi pago pelo governo federal, ainda sobram mais de R$ 40 milhões a pagar.
Colombo reiterou que o Centro de Eventos é considerado uma obra estratégica para resolver o problema da sazonalidade do turismo. Não apenas em Balneário, mas no Estado.

(Por Dagmara Spautz – O Sol Diário)

Comente Abaixo