Estudo para implantação do Mercado Público é apresentado

Nesta quinta-feira (30) em sessão pública, no Setor de Compras da Prefeitura de Balneário Camboriú, ficou conhecido o estudo para implantação do Mercado Público da Barra.

O único projeto apresentado, foi elaborado por um consórcio formado pelas empresas PDBS, ArquiPólis e Acquaplan. As demais participantes autorizadas a apresentar projetos, não compareceram as últimas reuniões e declinaram ao chamamento.

No projeto se encontram estudos de modelagem operacional, econômica e financeira, jurídica e de engenharia e arquitetura para urbanização, revitalização, modernização da região da Praça do Pescador, seguindo as recomendações do edital lançado em dezembro de 2018.

Na ocasião, uma prévia do estudo idealizado pelo consórcio foi apresentado aos presentes. “O projeto será analisado por uma comissão técnica com representantes do Turismo, Fazenda e Planejamento, que avaliarão as questões econômicas e arquitetônicas. A estimativa é de que em 30 dias essa análise seja concluída”, declara o diretor do BC Investimentos, Nelson Oliveira. A análise se dedica a viabilidade das ações propostas no documento.

“Se aprovados os estudos econômicos, jurídicos e arquitetônicos, então será lançada a licitação de concorrência pública para a construção do Mercado Público”, explica o secretário de Compras, Samaroni Benedet.

O Mercado Público da Barra, além de estimular a economia e o desenvolvimento daquela região da cidade, tem o objetivo de incrementar o turismo, por meio da criação de uma nova ferramenta turística, preservar a pesca artesanal e inovar a cena cultural da cidade.

 

Imagens: Click Camboriú/Divulgação

 

Comente Abaixo