Ex-Lutador de MMA envolvido em pancadaria em posto de Camboriú, é morto a facadas no RS

O ex-lutador de MMA Maiquel Falcão foi assassinado na madrugada deste domingo (23), em Pelotas (RS), de acordo com informações da Delegacia Policial de Pronto-Atendimento (DPPA) do município.

Natural de Pelotas, ele foi encontrado por volta das 3h da manhã com duas facadas no abdômen, em frente a um bar na Rua Major Francisco Nunes de Souza, conforme a DPPA..

Falcão foi levado ao Hospital de Pronto-Socorro de Pelotas, mas não resistiu aos ferimentos. O hospital confirmou a informação sobre a morte de Maiquel, mas não deu mais detalhes. O assassinato vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Pancadaria em posto

Em julho de 2013, Maiquel se envolveu em uma pancadaria generalizada em um Posto de Combustível em Camboriú, que acabou com um outro lutador ferido em estado grave. Maiquel teria assediado uma mulher dentro da loja de conveniência.

De acordo com a vítima Ingrid Maçaneiro, o ex lutador chegou por trás, encostando nela que, surpresa, ela não gosta da atitude dele e reclamou. O lutador reage com um tapa. Depois, ela chama um grupo de amigos, que entrou em luta corporal com o lutador. Em seguida, o grupo foi para o pátio do posto e continuou a briga. Kauê e Falcão, que estavam juntos, foram agredidos com um pedaço de pau e desmaiaram.

Kauê Mena e Maiquel Falcão

Maiquel Falcão

Ex-lutador do UFC, e atleta do Bellator, outra organização de MMA, Falcão lutou pela última vez em fevereiro, quando saiu derrotado para o russo Alexander Shlemenko. Falcão lutava pelo título dos médios da organização. Seu cartel é de 31 vitórias, cinco derrotas e uma disputa sem resultado.

Em 2011, o atleta teve sua rescisão de contrato com o UFC por problemas judiciais.

O gaúcho chegou a ser preso por conta de um processo que respondia após agredir uma mulher em frente a uma boate, em 2002.

Publicidade