Ex-Presidente da OAB de Camboriú é o primeiro caso confirmado do COVID-19 na cidade

A Secretaria de Saúde de Camboriú recebeu na manhã deste domingo, dia 22, a notificação do laboratório Lacen, para o primeiro caso positivo de Coronavirus na cidade.

A paciente seria a advogada Jucélia Vinholi, ex-presidente da subseção da OAB na cidade, que esteve em viagem fora do estado. Ela foi assistida pela equipe da secretaria de saúde, que fez o atendimento, a coleta, encaminhou para análise e orientou o isolamento domiciliar. Jucélia não necessitou de internação.

De acordo com informações preliminares, uma funcionária de Jucélia também estaria sob suspeita, mas a informação ainda não foi confirmada.

O Governo do Estado já é notificado automaticamente pelo sistema Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL).

“Camboriú ainda não tinha nenhum caso registrado. Infelizmente nós sabíamos que isso poderia acontecer a qualquer momento. O vírus está por aí e já esperávamos, sim, que ele chegasse a Camboriú. Aproveito para reforçar o pedido, de que as pessoas fiquem em casa. Nós profissionais da saúde temos casa, família e estamos nos arriscando por você. É um momento difícil e precisamos do apoio de todos nessa luta”, destaca a secretária de saúde, Elisama de Freitas.

“Infelizmente chegou a Camboriú. Todos os cuidados e medidas de prevenção foram tomadas. Mas a pessoa veio de viagem de fora e não temos o controle absoluto sobre isso. Não é momento para pânico, mas temos que reforçar o pedido de que fiquem nas suas casas e obedeçam o toque de recolher”, pede o prefeito Elcio Rogério Kuhnen.

Comente Abaixo