Fabrício Oliveira se apresenta como pré-candidato a governador

A imprensa local foi surpreendida com uma nota em um jornal onde diz que o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, está visitando a cidade de Criciúma se apresentando com pré-candidato a governador do Estado de Santa Catarina.

Segundo o colunista Adelor Lessa, do Portal 4oito, Fabricio ficará em Criciúma na segunda-feira, fará reuniões com políticos que podem aderir ao seu projeto e visitas institucionais.

Ainda de acordo com o colunista, ele registrou no comando estadual do PODEMOS a intenção de disputar o governo e recebeu estímulo para se movimentar pelo estado, até o final de junho, para avaliar a viabilidade do projeto.

A visita de Fabrício ainda rendeu uma entrevista no programa Balanço Geral, da NDTV de Criciúma, onde o prefeito de Balneário Camboriú falou do alargamento da faixa de areia e de suas pretensões políticas no Estado. Confira no fim do texto.

Surpresa da imprensa local

O que mais impressiona é que o assunto está circulando no sul do estado e não aqui na região onde Fabrício é prefeito. Muitos colegas da imprensa saberão do fato inclusive por essa coluna que estou escrevendo.

Mais uma vez, Fabricio faz graça para imprensa de fora e deixa a local sem saber de nada, assim como foi no caso dos testes rápido que pensava em comprar e diversos outros casos. O mesmo serve para dezenas pautas locais dadas com exclusividade ou em primeira mão para colunistas ou veículos com audiência a nível estadual.

Outra coisa que Fabrício peca é usar o alargamento da faixa de areia como o coringa para ele ser ovacionado no estado inteiro e ter a preferência política do eleitorado. Fabrício se engana, mesmo porque nem mesmo a cidade que ele administra ainda está convencido que o alargamento é realmente uma boa ideia.

A relação com a imprensa local está péssima. Não acredito que não seja reflexo, mas um modus operandi do que já acontece com sua base na Câmara e o grupo de apoiadores que estiveram na sua reeleição. Fabrício vive a teoria utópica do “tá tudo dominado”.

Eu nem vou discutir o fato de que essa viagem, com intuito totalmente político, aconteceu com direito a diária, bancada com dinheiro do contribuinte de Balneário Camboriú. Essa discussão eu deixo para os opositores políticos do prefeito.

Concorrência

Por muito tempo achei que a comunicação da prefeitura se comportasse como um concorrente dos veículos de comunicação. Como eles detêm a informação, sempre saiam na frente no que diz respeito a informação. Não foi uma e nem duas, mas dezenas de vezes onde recebi uma informação de uma fonte, procurei a comunicação para confirmar, fui enrolado e a prefeitura soltou um release com a informação que pedi.

Teve vários outros casos onde não poderiam passar mais detalhes, pois o prefeito é que iria anunciar determinada coisa no veículo X ou Y.

Agora, diante de mais uma recorrência de Fabrício em esconder determinadas informações para poder ser o sentinela das boas novas, vejo que a comunicação é só o reflexo do comandante do governo new ideas.

Confira a entrevista na NDTV, lá de Criciúma


Fabrício Oliveira se apresenta como pré-candidato a governador
Poucas e Boas – Por Gian Del Sent