Fake News: Ex-deputado Marco Tebaldi não morreu

Um boato na tarde dessa terça-feira (1º) informou de forma falsa a morte do ex-prefeito de Joinville, Marco Antônio Tebaldi (PSDB).

A notícia falsa chegou a ser anunciada pelo vereador Joceli Nazari, no plenário da Câmara de Balneário Camboriú. Mas foi desmentida, logo em seguida, pelo vereador André Meirinho.

O ex-deputado, que também foi vereador e vice-prefeito da cidade, está internado no Hospital da Unimed, região Norte do município, onde se recupera de uma infecção. A própria conta oficial dele nas redes sociais tratou de desmentir a “fake news”.

“Conversei com a esposa dele agora, ele se encontra internado, mas não procede a informação que veio a falecer”, disse a deputada Geovania de Sá, vice-presidente estadual do PSDB em SC.

“Amigos, Neste momento já saí da UTI e me encontro no quarto, estável. Sigo minha recuperação. Não acreditem em boatos maldosos. Obrigado!”, dizia o texto no perfil oficial de Tebaldi no Facebook e Twitter.

A informação falsa da morte do político ganhou força – e os grupos de Whats App – a partir de uma publicação num perfil do Sinditex Joinville no Facebook: “Faleceu a poucos minutos, hoje 01/10/2019 o ex prefeito de Joinville, Marco Antônio Tebaldi. O Ex prefeito estava internado na UTI do HU Aos amigos e familiares, nossos sinceros sentimentos”.

Tebaldi desmente notícia sobre sua morte – Reprodução redes sociais/ND

A publicação viralizou e causou um burburinho na cidade. O Sinditex retirou a postagem original do ar assim que foi desmentido e publicou uma nova nota, com pedido de desculpas:

“COMUNICADO
Viemos através deste comunicado informar que a postagem feita a poucos minutos em nosso facebook,com relação a “morte” do ex prefeito Marco Tebaldi é FALSA. Fomos informados que se trata de mais uma fake News de muito mal gosto. Desejamos ao ex prefeito muita saúde e nossas sincera desculpas. Repasse se você também foi informado erroneamente.”

Sinditex pede desculpas a Tebaldi – Reprodução redes sociais/ND

O Centro Hospitalar Unimed também se manifestou para confirmar que a notícia sobre a morte de Tebaldi era “Notícia Falsa” e que “o mesmo encontra-se estável e lúcido”.

[Nota do editor: os textos das postagens foram reproduzidos de forma fiel, sem correções de eventuais erros de português]

 

Comente Abaixo