Feixe luz, visita em estádio e cultos: veja as homenagens às vítimas da tragédia da Chapecoense

Em Chapecó, no Oeste catarinense, as homenagens às vítimas da tragédia da Chapecoense começaram ainda na madrugada desta quinta-feira (29).

O acidente aéreo na Colômbia completa dois anos. Morreram 71 pessoas, entre jogadores, comissão técnica, jornalistas e convidados do time. Seis sobreviveram.

Um feixe de luz foi acesso a partir do estádio da Chapecoense à 0h15, horário do acidente na Colômbia. Os nomes das 71 vítimas foram projetados. A luz permaneceu até o amanhecer, mas a chuva atrapalhou a visibilidade da ação.

Nesta manhã, a Arena Condá foi aberta às 9h e ficará até as 21h disponível para visitação do público, nas arquibancadas e nas áreas internas.

Estrutura para visitação e homenagens na Arena Condá — Foto: Cleiton Cesar/NSC TV

Estrutura para visitação e homenagens na Arena Condá — Foto: Cleiton Cesar/NSC TV

Veja mais atividades

  • Às 21h, em Chapecó, um culto religioso será realizado no átrio da Arena Condá, área externa do estádio, destinada à memória das pessoas que morreram.
  • Entre 9h e 21h, em Chapecó, o túnel “Pra Sempre Chape”, caminho de acesso dos jogadores visitantes quando chegam na Arena Condá, ficará aberto. No local há fotografias em homenagem aos funcionários, dirigentes e atletas da Chapecoense que perderam a vida.
  • Uma caminhada até a Arena Condá será realizada por volta das 19h30 em Chapecó. O ponto de encontro é na Catedral Santo Antônio, às 18h.
  • Às 18h15, em Florianópolis, uma missa será feita em homenagem às vítimas na Catedral Metropolitana.
  • Às 21h, em Chapecó, ocorre um culto ecumênico no Átrio Davi Barela Dávi.
Comente Abaixo