Festa clandestina em cobertura de BC acaba em prisão

Na sexta-feira (11), uma festa clandestina em uma cobertura de Balneário Camboriú foi encerrada e um homem foi preso. A abordagem aconteceu durante a operação integrada Se Cuida BC.

O homem preso tinha um mandado de prisão ativo por tráfico de drogas e foi conduzido para o Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, em Itajaí.

Entre sexta-feira (11) a domingo (13), a operação percorreu estabelecimentos comerciais para orientar sobre o cumprimento das medidas sanitárias no município.

A ação conjunta da Guarda Municipal de Balneário Camboriú, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Vigilância Sanitária, Fiscalização de Posturas e Agentes de Trânsito, vistoriou cerca de 40 estabelecimentos. Um local foi interditado e três intimados pela Vigilância Sanitária e dois pelo Corpo de Bombeiros, por problemas no alvará.

Ainda na sexta, um bar na Avenida Atlântica foi multado em R$ 5.025,28 e teve as atividades encerradas pela Fiscalização de Posturas por descumprir as normas de distanciamento social e ocupação. Um lounge na Barra Sul foi notificado pela Vigilância Sanitária por alvará vencido.

No sábado (13), a Vigilância Sanitária também intimou um bar na Avenida Atlântica e um no Centro por problemas no alvará. Ambos têm um prazo de dois dias para a regularização.

A envolveu Guarda Municipal de Balneário Camboriú, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Vigilância Sanitária, Fiscalização de Posturas e Agentes de Trânsito. – Foto: Carol Poerner/SECOM BC/Divulgação/NDA envolveu Guarda Municipal de Balneário Camboriú, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Vigilância Sanitária, Fiscalização de Posturas e Agentes de Trânsito. – Foto: Carol Poerner/SECOM BC/Divulgação/ND

Dois locais foram notificados pelo Corpo de Bombeiros para regularizar seu alvará de funcionamento, no domingo (13). A equipe também fiscalizou o cumprimento do horário imposto pelo Decreto Estadual, dispersando os pontos de aglomeração, e orientando os comércios para dispersar as pessoas antes da meia-noite.

A fiscalização de posturas também atuou durante o dia na Praia Central e Praias Agrestes, nos estabelecimentos comerciais e pontos de maior fluxo para evitar aglomerações e fiscalizar o uso de máscara.

ND Online