Filha promove festa após morte do pai por COVID

Foto: Giovanni Silva/Arquivo/ND

Depois de perder o pai que estava com Covid-19, uma moradora de Braço do Norte, em Santa Catarina, realizou uma confraternização na noite do último sábado, 13. A Polícia Militar foi acionada para averiguar a aglomeração no local. A mulher contou que resolveu chamar alguns amigos para um encontro. A festa seria para amenizar a tristeza pelo luto.

Segundo os policiais, os participantes da festa não usavam máscaras, não respeitavam o distanciamento social e compartilhavam copos. Um boletim de ocorrência foi registrado e a proprietária do imóvel deve responder pela infração à Justiça.

Quando abordada, a dona da casa contou que o pai era festeiro e ela estava triste por sua morte. As informações são do portal de notícias do G1. Segundo a Polícia Militar, o pai da dona da residência havia morrido na última quinta-feira, 11.

Os agentes estiveram no local por volta das 21h30min e encontraram cerca de 20 pessoas. Os nomes das pessoas envolvidas na aglomeração não foram divulgados. Os convidados que estavam descumprindo as medidas sanitárias foram orientados a voltar para suas casas. A PM registrou um Boletim de Ocorrência.