Fotógrafo e youtuber é indiciado por estuprar adolescentes em Blumenau

Um homem de 46 anos foi indiciado por estupro de vulnerável em Blumenau, no Vale do Itajaí. Na última terça-feira (26), a Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa dele. Ele vai responder em liberdade por aliciar e oferecer bebida alcoólica para menores.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito trabalha como fotógrafo e possui blog e páginas de notícias, além de um canal no YouTube. Ele realiza cobertura de eventos e notícias na região, voltadas para o público infanto-juvenil, sobre ciclismo, skate e games.

Conforme a polícia, ele obtinha o nome e contato com crianças e adolescentes do sexo masculino, uma vez que as adicionava nas redes sociais e aplicativos de conversa.

Após análise do material apreendido e encaminhado para perícia, foi possível extrair cerca de 5 mil conversas com menores. Ainda conforme a polícia, o homem aliciava os adolescentes para enviar fotos com cenas de nudez e irem até a casa aprender a editar vídeos, jogar vídeo game e, até mesmo, dormir. No local, a suspeita é de que o homem oferecia bebidas alcoólicas e praticava atos libidinosos com as vítimas.

Ainda conforme a polícia, duas vítimas, uma delas com 15 anos e outro com recém-completados 18 anos, relataram que mantiveram relações sexuais contra sua vontade com o suspeito.

No interrogatório, o suspeito reconheceu que recebia as fotos com cenas de nudez dos menores, mas que as apagava em seguida. Por isso não foi possível fazer o flagrante do crime, de acordo com a polícia. Todo o material encontrado no local foi encaminhado para perícia.

Alerta

A Polícia Civil alerta os pais para os cuidados básicos na prevenção de crimes de pedofilia, como vigiar os meios de comunicação pela internet, atenção às amizades dos filhos e orientação para que não estabeleçam contato ou relação de confiança com outros adultos sem o conhecimento dos pais.