Funcionário utiliza cartão da empresa por mais de um ano e gasta R$ 344 mil

Foto: Imagem de Michal Jarmoluk por Pixabay

Um funcionário de uma empresa de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, foi indiciado pela Polícia Civil por 563 crimes. Segundo o delegado da Polícia de Fronteira do município, Thiago de Oliveira, o homem desviou valores da instituição por um ano e dois meses, gerando prejuízo de mais de R$ 344 mil.

A empresa disponibilizava cartões de débito a alguns funcionários para custear despesas decorrentes da atividade laboral. No entanto, o suspeito, que não teve a identidade divulgada, passou a utilizar o cartão em nome de um ex-funcionário, gastando em supermercados, farmácias, padarias, petshops, lojas de departamentos, restaurante, hotéis, postos de combustíveis, até que a fraude foi descoberta porque a empresa percebeu despesas fora da normalidade.

Segundo inquérito policial, o prejuízo causado foi de aproximadamente R$ 344.500,00. A Polícia Civil indiciou o suspeito pela prática de 563 furtos qualificados mediante fraude e com abuso de confiança. Eles puderam contar com o auxílio de imagens de câmeras de segurança de um estabelecimento para apoiar nas investigações do suspeito.

Os dados do inquérito policial foram remetidos ao Poder Judiciário para providências e o suspeito responderá em liberdade.

Publicidade