Galeria de Arte tem exposição de obras feitas com sucata

Até a primeira quinzena de abril, a exposição “Desconstrução” pode ser visitada na Galeria Municipal de Arte. A entrada é gratuita.

Do artista carioca João Carlos Rocha, a exposição tem 110 obras e foi aberta em 11 de fevereiro. João Carlos utiliza ferro nas criações dele há 40 anos. O artista transforma sucatas urbanas e industriais que ele encontrou no lixo em esculturas, quadros, móveis e acessórios para decoração. O nome da exposição ressalta essa ideia, pois ele desconstrói uma forma para construir outra.

“Tudo aqui é sucata e ferrugem. Minha proposta é trabalhar com coisas apodrecidas, sair da ideia do sorriso eterno da Mona Lisa. O trabalho se autoconsome, foi feito para apodrecer”, conta o artista.

Antes de usar sucata em suas obras, João Carlos trabalhava com materiais como vidro, madeira e barro. O ferro veio como uma alternativa para economizar tempo. “Uma coisa me incomodava quando eu utilizava outros materiais: o tempo para fazer a obra. Tinha que lixar, esperar secar o barro. Quando comecei a mexer com ferro, achei o que eu queria. Em uma hora, consigo criar 20 peças, não preciso esperar. O ferro é muito rico e me dá várias possibilidades”.

O aposentado Antonio Lemos esteve na Galeria de Arte pela primeira vez para conferir “Desconstrução”. “Está muito bonita a exposição. Nunca tinha visto obras com sucata, foi muito bem feito. O espaço aqui eu também não conhecia. É muito bom”, disse Antonio.

Localizada na parte superior do prédio do Teatro Municipal Bruno Nitz (Avenida Central, esquina com a Rua 300, Centro), a Galeria Municipal de Arte funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h. A Galeria abre também nos dias e horários em que há espetáculo no Teatro Municipal.

AGENDE-SE

O que: exposição “Desconstrução”
Quando: de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h, até abril
Onde: Galeria Municipal de Arte (Avenida Central, esquina com a Rua 300, Centro, na parte superior do prédio do Teatro Municipal Bruno Nitz)
Quanto: Gratuita

Comente Abaixo