Governo do Estado continua deixando a saúde de BC de lado

Governo do Estado começou a enviar ontem (2) para os hospitais de Santa Catarina, equipamentos para criação de novos leitos de UTI. Das centenas de equipamentos destinados aos municípios, até o momento, nada foi enviado ou “reservado” para Balneário Camboriú.

Dos 47 milhões de reais em equipamentos e insumos comprados e ainda serão distribuídos, também não foi destinado nada para a cidade até o momento.

O mesmo acontece com os testes rápidos distribuídos pelo Governo Federal aos estados, destinado a profissionais de saúde e segurança. Para Balneário Camboriú, o estado enviou apenas 300 testes rápidos. 100 para o Ruth Cardoso, 100 para o PA da Barra e 100 para a UPA das Nações. Vale lembrar que só no Ruth Cardoso, trabalham mais de 400 profissionais na área da saúde.

A picuinha política que envolve o ego dos nossos governantes, parece não ceder nem mesmo em tempos de crise onde vidas estão em jogo. O apelo do poder municipal em usar o centro de eventos para um grande centro de triagem continua sem resposta. A ideia de reabrir o Santa Inês que já está equipado e faria diferença na oferta de leitos, também não foi respondida.

Enquanto isso, permanecemos no risco iminente de um colapso na saúde pública municipal, com políticos preocupados em articular a velha política para 2020. Nem que para isso, precise deixar pessoas morrer na mão de seus futuros opositores.

 

 

Comente Abaixo