Governo do Estado prorroga a quarentena em Santa Catarina

A quarentena em Santa Catarina continua. Em coletiva de imprensa no início da tarde deste sábado (11), o governador Carlos Moisés anunciou que as medidas de isolamento social estão mantidas no Estado. Apesar disso, o comércio de rua está liberado para reabrir as portas a partir de segunda-feira (13).

Algumas atividades estão impedidas de voltar a funcionar até o dia 30 de abril e outras estão suspensas até o dia 31 de maio. O decreto que regulamenta as novas ações deve ser editado até o fim de domingo (12).

“Esse é o anúncio do governo do Estado, estamos mantendo medidas restritivas porque entendemos que a reunião de público em alguns locais, esses locais são de alto contágio, alta transmissão do vírus”, ressaltou o governador.

Apesar da flexibilização de algumas atividades, o governador ressaltou que os municípios têm autonomia para endurecer as medidas se entenderem que a população está exposta a risco. Em contrapartida, eles não podem descumprir as medidas estaduais de restrição.

Estão impedidas de voltar a funcionar até o dia 30 de abril:

  • transporte coletivo, municipal, intermunicipal, interestadual e internacional
  • shoppings, galerias e centros comerciais
  • permanência em bares, cafés, restaurantes e similares.

A prorrogação da suspensão até o dia 31 de maio será para as atividades de:

  • eventos e reuniões de qualquer natureza, sejam públicos ou privados, incluindo missas e cultos religiosos
  • concentração em espaços públicos de uso coletivo como parques, praças e prais
  • aulas nas redes públicas e privadas em todos os níveis
  • calendário de eventos esportivos organizados pela Fesporte
  • atividades em academias, cinemas, teatros e casas de shows

Apesar de manter a quarentena, o governador anunciou também a liberação de algumas atividades a partir da próxima segunda-feira (13).

Estão liberados:

  • comércio de rua
  • hotéis, pousadas e similares
  • restaurantes com o sistema de pedido e entrega no balcão, sem a permanência dos clientes no local poderão voltar a funcionar
Comente Abaixo