Grupo de Itajaí ganha prêmio nacional de teatro

Todos os holofotes estão apontados para a qualidade da produção artística de Itajaí e as palmas vão para a Cia Mútua. O grupo de teatro de animação ganhou o troféu de “Melhor Espetáculo de Formas Animadas”, do Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude (CBTIJ), um dos mais importantes do país no teatro infanto-juvenil. A premiação foi entregue na semana passada no Rio de Janeiro pela produção “Um Príncipe Chamado Exupéry”.

Em cartaz desde 2010, o teatro de bonecos sem falas é inspirado na vida do autor francês Antoine de Saint-Exupéry, criador do clássico O Pequeno Príncipe. O espetáculo é uma viagem ao início da aviação. Antes de O Pequeno Príncipe conquistar reconhecimento mundial, Exupéry era piloto e entregava cartas em escalas de vôos diários, enfrentando muitos desafios.

Sensível e lúdico, o espetáculo trilha os caminhos da “poesia da não palavra” para falar sobre humanidade, solidão, amizade, coragem, força, imaginação.

Montado dentro de uma caixa gigante, o público de no máximo 60 pessoas entra em cena e acompanha a apresentação de pertinho. O resultado de todo cuidado estético com a produção garantiu à Cia Mútua lugar entre os contemplados com o 3º Prêmio CBTIJ de Teatro para Crianças. O grupo venceu na categoria Melhor Espetáculo de Formas Animadas.

“Esses prêmios acabam ficando no eixo Rio-São Paulo, pois lá existe uma produção teatral muito grande e diversificada. Para nós é uma alegria sermos reconhecidos aqui no Sul”, comemora a atriz e produtora Mônica Longo.

“Um Príncipe Chamado Exupéry” já circulou por 16 estados e segue sendo aclamado pelo público – um diálogo possível tanto para crianças quanto para adultos.

O grupo surgiu em Joaçaba e desde 2007 desenvolve toda a produção teatral em Itajaí. “Itajaí é uma cidade acolhedora e que permite muita troca entre os artistas. Temos outros grupos de teatro, músicos e artistas plásticos que permite muita troca de experiências. Essa mistura é muito rica e só enriquece o nosso trabalho”, destaca Mônica.

Ficha técnica

Roteiro/Dramaturgia: Mônica Longo, Guilherme Peixoto e Willian Sieverdt
Elenco: Mônica Longo e Guilherme Peixoto
Direção: Willian Sieverdt
Cenografia: Jaime Pinheiro
Mecanismos de Bonecos e Cenários: Paulo Nazareno
Sonoplastia e Trilha Sonora Original: Guilhermo Santiago e Paulo Zanny
Engenharia de Iluminação: Giba de Oliveira
Desenhos: Marcos Leal
Figurinos: Lenita Novaes
Escultura dos Bonecos: Mônica Longo
Confecção dos Bonecos: Mônica Longo e Guilherme Peixoto
Operação de Luz: Laura Correa
Operação de Som: Luis Melo
Designer Gráfico: Leandro De Maman
Pintura de Estrutura Cênica: Luis Melo
Pintura de Bonecos: Luis Carlos Vigarani
Pintura de Cenários: Guilherme Peixoto e Mônica Longo
Preparação de Atores: Ângela Finardi
Consultoria de Pesquisa: Mônica Cristina Corrêa
Pesquisa, Produção e Realização: Cia Mútua

________________________
Informações adicionais:
Cia Mútua
(47) 3344-0409