Há 28 anos, Brasil vencia os EUA em pleno Dia da Independência americana

Há 28 anos, em todo o território estadunidense era comemorado o dia da independência do país com festas de uma nação extremamente patriota. Para fazer parte desta festa a seleção brasileira enfrentaria a seleção da casa pelas oitavas de finais da Copa do Mundo, no dia 4 de julho de 1994.

No início da partida os americanos ofereceram algum tipo de perigo para a meta de Taffarel, mas o Brasil se fez valente, segurou a pressão dos donos da casa e impôs o seu ritmo de jogo.

Quando tudo parecia tranquilo, Leonardo acerta uma cotovelada em Tab Ramos, sendo expulso por tal ato.

No fim, Romário de fora da área ainda arriscou uma última chance, mas acertou a trave adversária, fazendo com que o placar no primeiro tempo terminasse mesmo com um 0 a 0.

Romário tentava de todas as formas inaugurar o placar, mas parecia não ser o seu dia. A bola sempre passava por um triz e ia embora pela linha de fundo, até que o baixinho serviu o seu companheiro Bebeto livre na direita, que com um toque de extrema classe fez a bola morrer no cantinho do gol dos donos da casa.

Chances ainda foram criadas, mas o resultado havia de ser aquele. 1 a 0, com assinatura única de Bebeto e o Brasil avançava para as quartas de finais, onde pegaria a Holanda para escrever mais uma bela história no caminho do tetra.

Invadimos o território e mudamos as cores da festa.

Publicidade