Homem é executado ao sair de culto em Camboriú

Geovani Ribeiro dos Santos, 35 anos, foi morto a tiros na noite de sábado, na rua Monte Alverne, no bairro Monte Alegre, em Camboriú. O crime ocorreu logo após Geovani sair da igreja, onde participou do culto. O corpo dele foi encontrado pela polícia em cima da calçada, na frente da igreja, com vários tiros.

De acordo com a polícia Militar, Geovani tinha registros policiais por violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo, disparo de arma de fogo, estelionato e tráfico de drogas. Segundo populares, ele teria sido vítima de uma emboscada. Geovani foi velado ontem na capela mortuária do Monte Alegre. O sepultamento está previsto para a 9h de hoje no cemitério Jardim das Acácias, no bairro Rio do Meio.

Pelas redes sociais, amigos e familiares lamentaram o crime. O pastor Júnior Trovão fez uma postagem lembrando que Geovani tinha “aceitado Jesus” durante o culto junto com outras pessoas. “Das sete vidas que se entregaram a Cristo, esse moço foi a segunda pessoa a se entregar. Tristeza pela vida que se foi, alegria pela alma que Jesus salvou”, escreveu, com uma foto que mostra o rapaz dentro da igreja.

O assassinato será investigado pela polícia Civil. A suspeita é que Geovani foi morto em um acerto de contas.

Comente Abaixo