Homem em prisão domiciliar cai de prédio em Balneário Camboriú

Um homem de 40 anos morreu ao cair de um prédio na manhã desta segunda-feira, dia 21, no Centro de Balneário Camboriú.

Segundo informações iniciais, a ocorrência é tratada como suicídio. O homem teria se jogado de uma altura de aproximadamente 23 metros, no 7° pavimento do edifício que fica quase na esquina com a Av. Atlântica.

Em apurações iniciais, foi informado que o nome seria “Luiz Alexandre da Silva Gomes”, mas tratava-se de um nome falso. Logo depois foi identificada a verdadeira identidade do homem como sendo Carlos Alexandre da Silva Lima.

Ele é natural de Canoas e morava em Balneário Camboriú, onde cumpria pena em prisão domiciliar. De acordo com o SAMU, o juízo havia revogado a prisão domiciliar e emitido o mandado de prisão em regime fechado.

Ele respondia pelo crime de tráfico de armas e possuía passagens por porte ilegal de arma de fogo, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Durante atendimento compareceram Polícia Militar e o IPG que realizou a perícia e recolheu o corpo que foi levado para o IML da cidade.

Publicidade