Homem morto em frente a motel de Navegantes teria assediado cunhada de 11 anos

Foto: Giovanni Silva/Arquivo/ND

O assassinato de um homem, de 56 anos, na porta de um motel às margens da BR-470, em Navegantes, traz novos desdobramentos. A mulher envolvida no homicídio é ex companheira da vítima e confessou o crime.

De acordo com o depoimento da mulher dada à polícia, ela morava com a vítima e a irmã de 11 anos e teria flagrado o homem assediando a menina. Os dois terminaram a relação e a mulher teria montado uma emboscada para matar o ex companheiro.

Além da mulher, mais dois homens foram presos, ela ainda indicou o envolvimento de uma outra pessoa que ainda não foi localizada.

Relembre o Crime

Na madrugada de quarta-feira (10), o funcionário de um motel ouviu a vítima gritando e pelas câmeras observou um casal em uma moto fugindo e mais um carro, ambos em alta velocidade.

Outra testemunha é um motorista de aplicativo que relatou que veio trazer um casal no motel e viu um homem em uma moto agredindo a vítima. O motociclista teria sacado uma faca e dado golpes no homem.

A testemunha ainda jogou seu carro contra o agressor, que acabou partindo para cima e o agredindo também. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima foi encontrada morta com diversas perfurações no peito e rosto.

ND