Homem que atirou contra carro por causa de briga de trânsito é preso

A DIC de Balneário Camboriú prendeu nesta quinta-feira o suspeito de ter cometido uma tripla tentativa de assassinato após uma briga de trânsito na Praia Brava, em Itajaí. O acusado mandou tiros de uma arma calibre 380 e acertou um dos ocupantes do carro. O atentado foi na madrugada do último domingo.

A polícia apreendeu duas pistolas, sendo uma nove milímetros e outra calibre 380, além do carro usado no crime, um Fiat Toto, e uma BMW X3 que também estava envolvida na perseguição aos ocupantes de um Fusion.

Na madrugada de domingo, os ocupantes do Fusion e do Fiat Toro discutiram por causa de uma vaga de estacionamento. Eles chegaram a trocar socos no meio da rua. Após a briga, o condutor do Toro saiu em perseguição ao Fusion, que estava com três pessoas dentro.

A perseguição terminou na avenida do Estado Dalmo Vieira, perto do hospital da Unimed, onde foram disparados oito tiros de pistola 380. Uma vítima, de 34 anos, foi atingida no peito.

Os amigos socorreram o homem e o levaram ao hospital Ruth Cardoso, onde ele passou por uma cirurgia e está se recuperando. A equipe do delegado Ícaro Malveira iniciou a investigação e chegou até os envolvidos no crime.

O delegado pediu e a justiça autorizou a prisão. O acusado foi preso na praia de Taquaras e as armas apreendidas em um apartamento de Camboriú. O acusado diz que não lembra dos disparos, apenas da briga. Ele está à disposição da justiça no presídio da Canhanduba.

A DIC continua a investigação para apurar o envolvimento dos demais.