Homem resgata R$ 1,65 milhão “esquecido” nos valores a receber

© Marcello Casal JrAgência Brasil

Um correntista resgatou R$ 1,65 milhão esquecidos em contas de consórcio através do sistema Valores a Receber, do Banco Central. O saque foi o maior desde que a nova ferramenta foi implementada.

“Essa pessoa não sabia que tinha R$ 1,65 milhão em nome dela no sistema financeiro e, graças ao sistema Valores a Receber, recuperou esse dinheiro. Imagino que ela tenha ficado bastante feliz”, afirmou o diretor de Relacionamento, Cidadania e Supervisão de Conduta do Banco Central, Maurício Moura.

O Banco Central divulgou, na segunda-feira (28), uma nova repescagem para o saque do chamado “dinheiro esquecido” em instituições financeiras de pessoas físicas e empresas.

Segundo a entidade, o cronograma para os agendamentos se estenderá até o dia 16 de abril e será baseado no ano de nascimento do beneficiário ou de fundação da companhia.

*com informações da Agência Brasil

Publicidade