Homem rompe isolamento e vai responder por dois crimes em Brusque

Um rapaz de 19 anos, morador do bairro Águas Claras, no município de Brusque, saiu de casa depois de ter sido comunicado que o teste para Covid-19 havia dado positivo. O rompimento social foi registrado no sábado (25). E pelo ato, o jovem vai ter que responder por dois crimes.

De acordo com o Subcomandante do Batalhão da PM (Polícia Militar) de Brusque, Ciro Adriano da Silva, pela manhã uma equipe da Secretaria Municipal da Saúde fez contato telefônico e avisado que o resultado do teste do rapaz havia dado positivo para coronavírus. Na ligação, os profissionais da saúde avisaram também que iriam até a casa dele para levar as notificações e o termo de isolamento.

Ainda segundo o Subcomandante, nesse meio tempo, enquanto a equipe se dirigia para a residência do rapaz, ele saiu de casa e desapareceu.

Com isso, equipes da saúde, Polícia Civil e policiais da PM realizaram buscas ao longo do dia atrás do jovem.

Somente por volta das 21h30 do sábado é que a Secretaria de Saúde foi informada de que o rapaz havia retornado para casa.

“Com isso, a PM foi até a casa dele e lavrou um Termo Circunstanciado pelos crimes de infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa e por desobediência à ordem legal de isolamento social”, disse o Subcomandante.

Após assinar o Termo se comprometendo a comparecer em audiência no Juizado Especial Criminal, o rapaz foi liberado para cumprir a quarentena em casa.

De acordo com o Código Penal, a infração de medida sanitária preventiva, prevista no Art. 268 tem pena de detenção, de um mês a um ano, e multa. Já o Art. 330: desobedecer a ordem legal de funcionário público, tem como pena a detenção, de quinze dias a seis meses, e multa.

“A gente espera agora que ele cumpra. E caso descumpra o isolamento, ele pode ser enquadrado novamente”, salientou o Subcomandante.

Alerta para a população

O secretário de Saúde de Brusque, Humberto Martins Fornari, gravou um vídeo sobre o caso e publicou numa rede social. Na publicação, o médico destaca que o paciente não é morador da cidade e que teria vindo visitar a mãe. Fornari disse ainda que a vizinhança, bem como os familiares foram avisados sobre o resultado do teste.

“Acreditamos que a doença ele tenha trazido de fora porque ele está a poucos dias em Brusque. E no histórico dele tem a convivência com um tio que está em internação hospitalar por doença respiratória e então por isso ele passou pelo nosso centro de triagem, foi realizado o exame e foi confirmado na sexta (24)”, explicou o Secretário.

Ainda no vídeo, Fornari falou sobre a importância da convivência responsável e de como é difícil estar em isolamento.

“Sabemos o quanto é difícil ter que abdicar da liberdade do ir e vir, mas nesse momento nós precisamos ter essa responsabilidade”, completou.

Números de casos

De acordo com os dados repassados pelo Governo de Santa Catarina, a cidade de Brusque conta com 37 casos confirmados de coronavírus.

Comente Abaixo