Identificadas vítimas que morreram no acidente entre ônibus e carreta na BR-470 em SC

Foram identificadas as quatro vítimas que morreram em um grave acidente neste sábado (27) no km 119 da BR-470, na Serra São Miguel, em Ibirama, no Vale do Itajaí. A batida entre um ônibus e uma carreta deixou outros 16 feridos.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), as vítimas tinham idades entre 41 e 69 anos. A empresa Viação Catarinense, responsável pelo ônibus, informou o percurso feito pelos passageiros da viagem:



  • Edileuza Vieira de Souza, natural de Água Branca (AL), que estava na poltona 1 e fazia o trecho de viagem Joinville – Rio do Sul, de 69 anos;
  • Gesebek Terezinha Schmitz, natural de Otacílio Costa, que estava na poltrona 2 e fazia o trecho de viagem Blumenau – Lages, 51 anos;
  • Salete Aparecida Schemes, natural de Cerro Negro, que estava na poltrona 5 e fazia o trecho da viagem Joinville – Lages, de 62 anos;
  • Gilberto Antunes Pereira, natural de Lages, motorista, 41 anos.

Em nota, a Viação Catarinense, informou que o ônibus fazia a linha Joinville/Lages, e transportava 26 passageiros, sendo que 16 foram resgatados e levados para o Hospital Regional de Rio do Sul e Miguel Couto, de Ibirama. O estado de saúde dos passageiros não foi informado pelas unidades de saúde até a publicação da reportagem.

Os outros receberam atendimento e foram liberados no local, conforme a empresa. O condutor da carreta, com placas de São Paulo, não se feriu. As causas do acidente ainda são investigadas.

Carreta e ônibus se chocaram na serra em Ibirama  — Foto: Montagem/G1 Carreta e ônibus se chocaram na serra em Ibirama — Foto: Montagem/G1

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a carreta estava na descida da serra e fez uma curva à direita, quando o reboque fez um “L” e invadiu a pista contrária, atingindo o ônibus. Chovia no momento do acidente.

A pista chegou a ficar totalmente bloqueada após o acidente. Houve formação de longas filas. Por volta das 17h, o trecho foi totalmente liberado pela PRF.

A empresa Viação Catarinense lamentou o ocorrido e disse que vai prestar todo o apoio às famílias e que fica à disposição para colaborar com as investigações.

Comente Abaixo
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.