Itajaí montou polos “relâmpagos” de vacinação em três bairros

No sábado só haverá vacinação para idosos com mais de 80 anos e que já receberam a primeira dose. Local será o Centreventos

Os idosos que buscam a vacinação contra a covid-19 têm enfrentando longas filas em Itajaí. Desde o início da imunização, a cidade escolheu o método de vacinar os idosos dentro de carros que devem ir até o Centreventos, na avenida Beira Rio, no centro de Itajaí.  As filas quilométricas, a ausência de doses para todos que esperam e a espera sob o sol têm gerado muitas reclamações. Na última quinta-feira, as filas de carros seguiram até a orla da praia de Cabeçudas.

Na noite de quinta-feira, familiares de idosos com 70 e 71 anos já aguardavam em filas que chegaram até o fim da avenida Beira Rio. Tudo para garantir a vacinação nesta sexta-feira.

Nesta sexta-feira, a prefeitura abriu três polos relâmpagos para a vacinação mas não divulgou essa informação. Os polos ficaram na sede da Aspmi, no São Vicente, no parque do Agricultor, na Baía, e no bairro Santa Regina.

A secretaria de Saúde disse que não divulgou a informação estrategicamente. Os idosos que retiraram senhas no Centreventos foram direcionados naquele momento para os bairros.  A falta de transparência na informação gerou desconfiança e muita informação contraditória entre os idosos e familiares. “Alguns privilegiados estão sendo vacinados na Aspmi, enquanto o restante dos idosos enfrenta filas no centreventos”, reclamou a filha de um idoso ao DIARINHO.

A secretaria de Saúde informou que não houve qualquer privilégio. Os idosos foram até o Centreventos, receberam a senha lá e de lá se deslocaram para o polo indicado. Foram 300 idosos vacinados na Aspmi, outros 300 no parque do Agricultor e a mesma quantidade de doses foi enviada pro polo do bairro  Santa Regina. No Centreventos, mais de 500 idosos também receberam a imunização nesta sexta-feira.

A secretaria de Saúde afirmou que no sábado só haverá vacinação no centro da cidade para idosos com mais de 80 anos que já receberam a primeira aplicação da Coronavac no dia 6 de março. O horário de atendimento é das 8h às 13h, com distribuição de senhas.

Já para a próxima semana, a secretaria de saúde pretende implantar o sistema de agendamento, após cadastro online. O sistema já foi finalizado e deve ser anunciado nos próximos dias.

O sistema seria mais ou menos assim: o idoso se cadastra de forma on-line, recebe uma senha e com essa semana irá até o local indicada para a vacinação no dia e horário informando no agendamento. Esse tipo de sistema de agendamento já é utilizado em cidades como Tubarão, no sul do estado.

Diarinho