Joice Hasselmann é destituída da liderança do governo no Congresso

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) foi destituída da liderança do governo no Congresso Nacional nesta quinta-feira (17). O senador Eduardo Gomes (MDB-TO) será o substituto da parlamentar no cargo.

Integrantes do governo apontam que a crise dentro do PSL acelerou a saída de Joice. A troca, contudo, já era discutida antes.

Na quarta-feira (16), Joice assinou uma lista de apoio à permanência do Delegado Waldir (GO) na liderança do PSL na Câmara dos Deputados. O presidente Jair Bolsonaro, contudo, havia articulado para que um dos seus filhos, o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), assumisse o lugar.

Após a decisão do presidente de tirá-la da liderança do governo, Joice disse ao jornal Folha de S.Paulo que ganhava “uma carta de alforria, graças a Deus”. Ela disse que pretende se dedicar à sua candidatura para a Prefeitura de São Paulo.

Joice Hasselmann foi anunciada líder do governo em fevereiro, por indicação dos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ela possuía boa relação com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que era responsável pela articulação política. Desde que a função foi repassada para a Secretaria do Governo, chefiada pelo ministro Luiz Eduardo Ramos, a deputada começou a perder espaço.

Ela chegou a ser alvo do próprio presidente da República, o qual criticou a aproximação de Hasselmann com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Além disso, entre a noite de quarta e manhã desta quinta, Joice discutiu com o o assessor especial da Presidência Filipe Martins e com o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) em rede social.

Por DC

Comente Abaixo