Jovem desaparecida há 15 dia é encontrada morta. Amigos tem envolvimento no crime

Corpo de Amanda Albach foi localizado na praia do Sol nesta sexta-feira (3) – Foto: Divulgação/ND

O corpo de Amanda Albach, paranaense de 21 anos, que estava desaparecida desde o dia 14 de novembro, quando foi vista pela última vez em uma festa em Florianópolis, foi encontrado na tarde desta sexta-feira (03), enterrado na Praia do Sol, no município de Laguna, em Santa Catarina. A jovem morava na Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba.

O corpo foi localizado após um dos três presos pelo crime, apontar o local. Dois homens e uma mulher foram presos suspeitos do assasinato da jovem. A mulher inclusiva era amiga de Amanda.

A polícia ainda não divulgou a linha de investigação sobre qual teria sido a motivação do crime.

Segundo um dos advogados da família, Fabio de Assis, os dois homens a e mulher estiveram com a jovem em Santa Catarina durante o feriado de Proclamação da República. Eles estiveram juntos na mesma balada em que Amanda foi vista pela última vez, em Jurerê Internacional.

Os detidos já eram conhecidos de Amanda. Ela e a mulher seriam, inclusive, amigas de longa data, contou o advogado. Na manhã desta sexta, os advogados se deslocaram para Laguna para acompanhar as diligências policiais.

Mais informações sobre o caso serão repassadas em coletiva de imprensa promovida pelo delegado Bruno Fernandes ainda nesta sexta.

Publicidade